Blog

O que é a taxa Selic e como ela impacta o mercado imobiliário  

O que é a Taxa Selic e como ela impacta o mercado imobiliário

A taxa Selic, sigla para Sistema Especial de Liquidação e Custódia, é uma alíquota que influencia o mercado imobiliário e praticamente todos os setores da economia. Muito se fala sobre ela, afinal a Taxa Selic serve como referência para as demais taxas de juros utilizadas no mercado, como empréstimos, financiamentos, investimentos e rentabilidade da poupança. 

Outro fator interessante é que a Taxa Selic varia e age como instrumento de política monetária, subindo e descendo de acordo com os propósitos do governo. Se o objetivo é movimentar e incentivar a economia, a taxa Selic é reduzida. Já se a intenção é esfriar a economia para lidar com a inflação, a taxa Selic sobe.  

 

E como a taxa Selic influencia o mercado imobiliário? 

A taxa Selic caiu para 4,5% ao ano passado devido ao corte de juros do Banco Central pela 16ª vez. Isso significa que as aplicações de renda fixa mais conservadoras devem render cada vez menos e este é o momento certo para o investidor arriscar em outras opções.  Um dos benefícios da queda da Taxa Selic é que com os juros mais baixos, fazer financiamentos a longo prazo pode se tornar algo bastante vantajoso.  

Isso acontece porque a redução da taxa Selic estimula fortemente outras instituições financeiras a também diminuírem as suas taxas de juros, e assim a concorrência torna-se acirrada. Conseguir um empréstimo ou fazer um financiamento quando a taxa Selic está mais baixa, é certeza de melhores negociações com os bancos.  

 

A queda da Taxa Selic pode afetar o valor de um imóvel? 

Sim, praticamente todas as variações da Taxa Selic podem afetar o valor de um imóvel.  

Quando a Taxa Selic está alta, os juros das parcelas dos financiamentos aumentam e as pessoas se sentem mais inseguras para investir. A alta é benéfica para quem quer adquirir um imóvel à vista, pois a lei da oferta e da procura se sobressai e há oferta de propriedades mais baratas para quem é investidor.  

Por outro lado, com a taxa Selic mais baixa, os financiamentos são priorizados. A maior parte da população adquire poder de compra, o número de transações aumenta, o mercado é aquecido e vários investidores são atraídos para o Brasil. Como resultado, os imóveis são valorizados e podem ser vendidos a preços maiores.  

 

 

Gostou dessas informações? Que tal aproveitar o momento e investir nesse mercado?  

Se você ainda tem dúvidas ou quer saber mais sobre o mercado imobiliário entre em contato com a gente. 

Compartilhar post:

Notícias relacionadas: